20140123-165303

Corre, homem, corre! – Uma tentativa de escapar de um lugar de aniquilação

 

No final de Janeiro Rainer Loehnert tentou fugir de uma instituição psiquiátrica forense. Infelizmente a tentativa falhou e desde então encontra-se detido na unidade de isolamento dentro de uma clínica psiquiátrica confinada; assim como uma prisão dentro de uma prisão.

Rainer tem 53 anos de idade e está preso há mais de 28 anos; actualmente encontra-se numa instituição psiquiátrica forense em Bedburg-Hau, uma pequena cidade no noroeste da Alemanha, perto da fronteira da Alemanha com a Holanda. Mas não desiste da luta pela (sua) liberdade!

Tinha participado numa greve de fome de solidariedade com as lutas dxs presxs na Grécia.

E agora agiu de acordo com o seu lema: “A anarquia e libertação total têm um preço!” (a partir de uma carta de Rainer, no final de Janeiro de 2015). Assim, voltou a confrontar-se com os “porcos de branco”, tomando a vida nas próprias mãos. Não queria esperar por outra avaliação psicológica humilhante, que certificasse a sua “periculosidade” e “doença mental” a intervalos regulares. E isto sucede independentemente se está e jogar pelas suas próprias regras ou a rebelar-se contra o “tratamento” em cativeiro. Uma parte desta avaliação perversa diz que o Estado/sociedade considere que é adequado trancar Rainer em isolamento, mesmo para toda a vida: “Você é um homem perigoso, senhor Loehnert!”. Também encherem-no com medicamentos é extremamente importante para os cabecilhas fascistas atrás dos bastidores e para a enfermagem e a equipa médica. Os efeitos colaterais prejudiciais (dos medicamentos) ou são “bons” para ser integrado na “terapia”, ou é novamente tratado com outros medicamentos. Não é de estranhar que escreva uma e outra vez que não sabe por quanto tempo vai aguentar ou sobreviver. Ainda recentemente, em Janeiro, pouco antes de sua tentativa de fuga, havia outra pessoa morta nesta clínica psiquiátrica forense: “foi cuidado até a morte”!

Já há mais de um mês que Rainer é mantido em isolamento e isso significa:

– Ser isolado dos outros detidos 24 horas por dia (só consegue ver enfermeiros)

– Não andar no pátio (e mesmo se for autorizado a ir ao pátio, só apenas algemado nos pulsos e pernas)

– Os seus pertences pessoais serem confiscados e os restantes alimentos irem deitados para o lixo

– As suas próprias roupas serem proíbidas, apenas pode usar o vestuário do hospital (conhecido como “vestido de anjo”) sobre o corpo

– Um cigarro, três vezes ao dia

–  Apenas uma caneta de ponta de feltro, papel

– Correio postal restrito (que tem de requerer à administração com antecedência, se quiser receber uma parte dela)

– Quatro câmaras de vigilância na sua cela, de noite, com infravermelhos

– Montagem no tecto com altifalante

– Em meados de Fevereiro, escreveu que recebeu um par de livros, pelo menos.

Rainer terá de enfrentar um outro julgamento, mas mantém a cabeça erguida. Não vão conseguir deitá-lo abaixo e através das suas cartas coloca-nos um sorriso nos lábios, todas as vezes, e encoraja-nos. Na sua última carta continua: “… é um longo caminho pela frente até que um grupo cause uma revolta ou uma insurreição; na Alemanha o sistema e os constrangimentos económicos e psicológicos estão realmente a afundar com as pessoas dentro, é preciso tempo, [mas] é possível [;] Sei isso”!

Ainda assim não deixaremos Rainer sózinho. Queremos lutar juntxs contra essa merda verdadeiramente repugnante da sociedade-prisão. Se quiser se juntar ao apoio, pode escrever-lhe, enviar-lhe algum dinheiro, irritar/atacar instituições psiquiátricas e/ou outras formas de prisão ou o que lhe vier à cabeça- para sabotar esta civilização que é tão hostil a todo o ser vivo.

Para lhe escrever:

Rainer Loehnert
Bahnstraße 6, 47551 Bedburg-Hau (Germany)

Solidariedade e saudações calorosas a Rainer!

Liberdade a Rainer!
Liberdade a todxs!
Morte à sociedade autoritária!

cúmplices anti-autoritárixs

Retirado de:

Revista anarquista abordaxe

https://abordaxe.wordpress.com/

e

Contrainfo. https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=Ayl16jTX_HQ

Advertisements